sexta-feira, 6 de março de 2009

Marcas que se vão, marcas que evoluem

Para quem é interessado no assunto, este ano de 2009 trará alguns bons exemplos de como uma empresa deve fazer para absorver marcas de sucesso em seu portifólio. Temos, neste momento, três mudanças ocorrendo e que podem fazer com que as marcas compradas deixem de existir ou passem a representar novos segmentos para as empresas que as estão absorvendo.

A primeira é claramente uma mudança. A Souza Cruz está transformando sua marca Carlton em Dunhill, marca internacional da BAT no mesmo perfil de consumo. A razão é óbvia: Com as proibição de se anunciar cigarros no Brasil, fica mais simples e barato trabalhar com marcas internacionais nos pontos de vendas, pois além de se economizar em custos como desenvolvimento de embalagem e de materias de POP, simplifica-se a administração de portifólio.

A estratégia vem sendo crescer a submarca Dunhill ao lado de Carlton, até que ela passe a ser a principal marca no embalagem do produto, antes que Carlton desapareça por completo.

IMG00078

A foto acima foi tirada numa banca de jornais, nesta semana. Já a de baixo foi tirada, no mesmo dia, no aeroporto de Congonhas. Áos poucos, os pontos de vendas vão sendo modificados para que o consumidor se acostume com a novidade.

IMG00075

Resta observar como a Souza Cruz irá trabalhar os fãs da marca, uma das poucas marcas de cigarro que possui mais de uma comunidade no Orkut.

Na próxima semana, voltamos ao assunto, falando sobre as demais mudanças.

Um comentário:

Oura disse...

Outro processo interessante é o do Real com o Santander.

http://www.youtube.com/watch?v=rLZWF1ihlOU

Um com a postura do "bonzinho" e sustentável e outro que é conhecido por ser mais agressivo.

 
Locations of visitors to this page